Facebook Twitter More...

Dia da Mulher!

Queridas amigas, colegas e companheiras de luta. Hoje é o nosso dia! Sendo assim, amanhã não é mais? E ontem também não foi?

Já perceberam que os excluídos sempre ganham um dia? Dia da consciência negra, do Holocausto, do índio e por aí vai. Ok. Eu gosto muito de ir a um restaurante e receber um drink cor de rosa “de grátis” porque eu tenho ovários, assim como adoro receber mil e-mails com rosas dizendo que mulher é tudo na vida, mas se é pra agradar mesmo eu deveria ter o direito de escolher o brinde. Pelo menos o layout. E a pobre coitada da mulher que não gosta de cor de rosa? Está perdida no dia de hoje.

Por isso acho que esses dias são até legais, mas preconceituosos. Todo dia é o meu dia. Todo dia é o seu dia. É o nosso dia.

Se bem que o dia internacional da mulher, assim como nosso direito a voto não tem nem cem anos. E, não nasceu para paparicar as mulheres e sim como um protesto contra as más condições de trabalho de operárias. Então, agradeçam as trabalhadoras russas e a revolução industrial por essa data e depois agradeçam também as feministas da década de 60, que leram a Mística feminina da maravilhosa Betty Friedan e, ressucitaram o “nosso” dia.

O que vejo hoje é que o que era um símbolo de luta feminina por igualdade de direitos se diluiu no mundo das mensagens e presentinhos cor de rosa. Oito de março é o dia para lembrarmos das antigas batalhas que deram as conquistas de hoje.

Não fique seduzida pela nécessaire pink!

Lembre que existem mulheres no mundo que ainda não votam. Ainda não têm direito sobre o próprio corpo. Ainda não ganham o mesmo salário que o colega homem, ainda não podem estudar ou mesmo ter uma simples carteira de motorista.

Pode ser que no seu porto seguro tudo esteja bem, mas para muitas colegas e companheiras não está.

Adoraria que todo o dinheiro e tempo gastos em “mimos” fosse dirigido para um fundo, acho que sairíamos ganhando.

A força feminina é uma mola propulsora e sempre foi. Estamos em todo lugar e em tudo. Vivemos um momento de grande transição e adaptação e acho que estamos nos saindo muito bem, mas podemos fazer melhor se entendermos que não temos que fazer tudo.

Não vou dar parabéns hoje, porque parabenizo vocês todos os dias.

É isso
Se joguem que a vida é curta.
Agradecida

Comentar

Seu email nunca será publicado ou distribuído. Campos obrigatórios estão marcados com *

*
*

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>